Blog

SPIRIT > Blog (Page 8)
MichelleRibeiro-iMasters

Na entrevista concedida para a Revista iMasters, nossa diretora Michelle Ribeiro fala sobre sua pesquisa sobre segurança cibernética durante seu mestrado em Londres, como foi selecionada para representar o Reino Unido em um jogo de paz em Abu Dhabi e compartilha algumas dicas para aqueles que querem seguir carreira nesta área.

Além disso, Michelle comenta sobre a centralidade das ameaças digitais nos debates políticos desde as últimas eleições americanas, já que pesquisadores acreditam que outros países tenham influenciado os resultados das votações, através de notícias falsas no Facebook, e comenta sobre o risco para o Brasil nas eleições de 2018:

``Este é um ano relevante para a segurança cibernética no Brasil, já que em breve teremos uma nova eleição, que será especialmente controversa. Candidatos, gerentes de campanhas eleitorais e membros da equipe, bem como seus familiares, devem considerar que serão alvos em potencial.``

ACESSE O ARTIGO E LEIA O TEXTO COMPLETO

The year was 2004 and I had left Microsoft to work exclusively with the other side of the force – Linux. At the same time, Gleydson worked during the day for the City Hall of Campinas while at night wrote new chapters of the Foca Guide. Between community events, lectures given and many consulting requests, we decided that it was time to professionalize support for open source technologies in Brazil. Spirit Linux was then born.

We participate in the selective process of a startup accelerator and with our approved business plan, we occupy one of the rooms of the building in Vitória, Brazil. Until our graduation, we faced years of struggle and intense learning, always with the certainty that the Brazilian economy would benefit greatly from having in the free software model a basis for technological advancement.

In recent years a lot has happened: we work for big companies, for the Brazilian government and we look for foreign markets. We participated in business missions in Brazil, the United States, Africa and Europe. We look for new certifications and methodologies. I became a specialist in cybersecurity with passages at the MIT and LSE. During my master’s degree at the University of London, I examined the challenges posed by modern conflicts, which do not have a clear boundary of what is a war target, especially in the digital space, bringing civilians to the center of the battle.

``I became a specialist in cybersecurity with passages at the MIT and LSE. During my master's degree at the University of London, I examined the challenges posed by modern conflicts, which do not have a clear boundary of what is a war target, especially in the digital space, bringing civilians to the center of the battle.``

We continue, however, to believe in the superiority of Linux and other open source technologies. They will continue to be our first choice. But the main value of our company has always been beyond technology, far beyond the word Linux. Throughout its 14 years of operations, we offered our clients a strong commitment to the market, aligning technology with their business strategies, using best practices to optimize their resources.

``We continue to believe in the superiority of Linux and other open source technologies. They will continue to be our first choice.``

Our goal is for the SPIRIT brand to continue to be a reflection of the values our customers have always sought in our team: security and performance. We are grateful for your continued support and we also thank our employees, former employees, and partners. Our accomplishment would not have been possible without you.

Thank you. Obrigada.

Michelle Ribeiro

Executive Manager

O ano era 2004 e eu havia deixado a Microsoft para trabalhar exclusivamente com o outro lado da força – Linux. Na mesmo época, Gleydson trabalhava durante o dia para a Prefeitura de Campinas enquanto à noite escrevia novos capítulos do Guia Foca. Entre idas ao FISL, palestras ministradas e muitos pedidos de consultoria, decidimos que era hora de profissionalizar o suporte a tecnologias open source no Brasil. Nascia então a Spirit Linux.

Participamos do processo seletivo de uma incubadora de empresas e com nosso plano de negócios aprovado, ocupamos uma das salas do prédio em Vitória. Até nossa graduação, foram anos de luta e aprendizado intenso, sempre com a certeza de que a economia brasileira se beneficia grandemente por ter no modelo do software livre uma base para o avanço tecnológico.

Nos últimos anos muita coisa aconteceu: trabalhamos para grandes empresas, para o governo brasileiro e procuramos mercados externos. Participamos de missões empresariais no Brasil, Estados Unidos, África e Europa. Buscamos novas certificações e metodologias. Eu me especializei em segurança cibernética, com passagens pelo MIT e LSE. Durante meu mestrado na University of London examinei os desafios apresentados pelos conflitos modernos, que não têm uma fronteira definida do que é um alvo de guerra, especialmente no espaço digital, trazendo os civis para o centro do combate.

``Nos últimos anos muita coisa aconteceu: trabalhamos para grandes empresas, para o governo brasileiro e procuramos mercados externos. Participamos de missões empresariais no Brasil, Estados Unidos, África e Europa. Buscamos novas certificações e metodologias.``

Continuamos, no entanto, a acreditar na superioridade do Linux e outras tecnologias open source. Elas continuarão a ser nossa primeira opção. Mas o principal valor de nossa empresa sempre esteve além da tecnologia, muito além da palavra Linux. Ao longo de 14 anos de atuação, oferecemos a nossos clientes um forte compromisso com o mercado, alinhando tecnologia com suas estratégias de negócios, utilizando as melhores práticas para otimizar seus recursos.

``Continuamos, no entanto, a acreditar na superioridade do Linux e outras tecnologias open source. Elas continuarão a ser nossa primeira opção.``

Nosso objetivo é que a a marca SPIRIT continue a ser um reflexo dos valores que nossos clientes sempre buscaram em nossa equipe: segurança e alta performance. Somos gratos pelo seu apoio contínuo e agradecemos também nossos colaboradores, ex-funcionários e parceiros. Sem vocês, não teríamos chegado até aqui.

Obrigada.

Michelle Ribeiro

Diretora Executiva

NossoObjetivo